Arduino 101: Conheça o Arduino com o módulo Intel® Curie™

A placa Arduino 101, somente para os EUA nos demais países recebe o nome de Genuino 101, é resultado da parceria realizada entre a Arduino e a Intel® fazendo a combinação perfeita das clássicas placas Arduino com as mais recentes tecnologias, sendo capaz de reconhecer gestos além de trazer embutido um RTC, um acelerômetro e um giroscópio, ambos de seis eixos, além disso ainda conta conectividade Bluetooth LE integrada.

Genuino 101

O módulo Curie™ traz dois pequenos núcleos sendo um x86 (Quark) e um ARC 32-bit, ambos operando com um clock de 32MHz. Ao compilar um código para a placa a Toolchain da Intel otimiza o código de forma de que as tarefas sejam dividas entres os núcleos da melhor forma possível de acordo com a necessidade de cada tarefa a ser realizada.

A placa

A 101 possui 14 pinos digitais de entrada/saída, dos quais 4 pinos podem ser usados como saídas PWM, 6 entradas analógicas, entrada USB para comunicação e upload do código, entrada de energia, pinos ICSP com pinos dedicados para SPI e I2C. Diferentemente da maioria das placas, a 101 opera em 3.3V, ou seja, suas saídas apresentam no máximo 3.3V, porém, todos os pinos são protegidos contra sobretensão, sendo dessa forma, tolerante a entrada de 5V.

Genuino 101 em close

Características:

Microcontrolador: Intel Curie
Tensão de operação: 3.3V (tolerante a 5V)
Tensão de entrada (recomendado): 7-12V
Tensão de entrada (limites): 7-17V
Pinos Digitais: 14
Saídas PWM: 4
Entradas Analógicas: 6
Corrente por pino I/O: 20 mA
Flash: 196 kB
SRAM: 24 kB
Clock: 32MHz
LED_BUILTIN: 13
Embutidos: Bluetooth LE, 6-axis accelerometer/gyro
Comprimento: 68.6 mm
Largura: 53.4 mm
Peso: 34 gr.

Firmware

A 101 recebe atualizações de firmware de tempo em tempo. A atualização pode ser feita de forma bem simples através da própria IDE Arduino, é um procedimento automático ao utilizar a opção “Gravar Bootloader”.
Além das versões oficiais, é possível desenvolver e compilar sua própria firmware de acordo com suas necessidades uma vez que se trata de uma placa Open Source sua firmware também é Open Source, para fazer isso basta acessar a página da Intel onde você encontra o código fonte e todos os detalhes do processo: Intel’s Download Page .

Lado inferior da placa

 Ao final temos que dar um veredito sobre o que é ponto favorável e o que não é quanto a essa placa, então vamos lá.

Além de um Arduino qualquer

A 101 dá um longo passo a frente quanto a recursos integrados, muitas funções podem ser adicionadas aos Arduinos utilizando-se de módulos e shields, porém, a 101 já traz diversos recursos na própria placa, dispensando totalmente o uso de componentes externos, por exemplo, há um giroscópio e acelerômetro Bosch BMI160, ambos com seis eixos e chipset Bluetooth Nordic nRF518.

Prós:

  • Núcleo com clock de 32MHz e 32-bit Intel Quark x86.
  • Muito mais memória e armazenamento comparado com as placas tradicionais.
  • Giroscópio e Acelerômetro embutidos.
  • Bluetooth BLE embutido.
  • RTC embutido.
  • Compatível com os shields para as placas tradicionais..
  • Compatível com os projetos e componentes para as placas tradicionais.

Contras:

  • Preço bem elevada em comparação com as outras placas

Essa placa quem nos mandou foi o Fabrício Januário, logo mais tem projeto utilizando a placa, aguardem.

0

Graduando em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de São João del Rei (UFSJ) também é Técnico em Eletrotécnica pelo Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG). Apaixonado por criação e desenvolvimento de projetos relacionados à software e hardware.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *